ALEGRIAS E ESPERANÇAS

13 mai 2015 10:58

A Diocese de Paracatu partilha suas alegrias e esperanças pelo fato de ter ordenado três novos padres para o serviço do Reino: Ronne Won Ribeiro da Silva, Fabrício da Silva Brandão e Ederson Martins de Melo. Esses novos padres formam um trio de esperança para a Igreja. Todos eles são originários da própria Diocese, fruto da pastoral vocacional desenvolvida nas Paróquias. Essas alegrias são torrentes que jorram do coração do Bom Pastor, como aquela água da vida que saciou sede da Samaritana. A água viva que escorre da alma é como fonte perpétua que irriga os desertos da nossa Diocese. O Bispo, o Clero e o Povo Cristão agradecem a Deus porque o Senhor da messe providenciou três novos pastores para o serviço do Evangelho. Os novos sacerdotes irão iniciar seus respectivos ministérios como Vigários Paroquiais nas seguintes comunidades: Padre Ronne Won, Paróquia de Santa Rita, no Município de Guarda-Mor; Padre Fabrício, Paróquia Nossa Senhora de Fátima, Município de Paracatu; Padre Ederson, Paróquia de Santana, Município de João Pinheiro. Os frutos do espírito sejam abundantes nesses novos padres e no clero em geral. A alegria, a paz, o amor, a bondade, a generosidade, a afabilidade, a caridade, a temperança e todas as novidades da ação do Espírito norteiem seus respectivos ministérios. A sede de felicidade, de amor, de eternidade e de bondade seja saciada em Deus, fonte e sustento da santidade. Que as águas do Espírito encham as medidas dos seus corações, para que façam transbordar o amor de Jesus Bom Pastor pelo seu rebanho. Meu desejo é que a fé desses novos presbíteros se enraíze cada vez mais em Deus, pois “aquele que crê em Jesus, como afirma a escritura, rios de água viva jorrarão do seu interior” (Jo 7,38). A água viva do Espírito transforma o homem interior e o infla no testemunho da fé, no ardor da missão e na santidade de vida. Faço votos de esses padres se enraízem cada vez mais nas profundezas do coração eucarístico de Cristo e revelem as riquezas do seu amor para edificar o reino em si e nos fiéis. Caros sacerdotes, como discípulos atentos à voz do mestre, escutem o que ele diz e imitem as suas ações. O fiel seguimento de Cristo é feito com o auxílio do Espírito Santo, que vem em auxílio da nossa fraqueza e nos ensina a orar como convém (cf. Rm 8,26). No sermão do IV domingo após a páscoa, de São Boaventura, lê-se o ensinamento seguinte: “o Espírito Santo vem onde é amado, onde é convidado, onde é esperado”. Sugiro ao nosso clero a invocação permanente do Ruah de Deus, para que ele repouse e assista os nossos presbíteros e diáconos no exercício do ministério e na vida. Espírito Santo, Água Viva de Deus, Fogo Purificador e Paráclito da Igreja: consolida a vida cristã do nosso clero, molda-o, enche-o, usa-o como instrumento de salvação do Povo de Deus! Caros presbíteros, orem sem cessar (cf. 1Ts 5,17), pois quem se priva da oração se expõe à morte. Deus é amor e vida abundante para todos. A oração nos une intimamente a Deus, quem ora com fé fixa o Espírito em Deus, como rocha inabalável. Dai-nos, Senhor, um espírito de sentinela, sem sono, capaz de vigiar dia e noite para não cair em tentação e não pecar (cf. Mt 26,41). O pecado mata, mas Cristo dá vida. “Escolhe, pois, a vida” (Dt 30,19). A vida é uma torrente de esperança que desemboca na ressurreição. Peço ao bom Deus que abençoe os nossos padres e os faça beber na fonte do Espírito para servir a água da vida ao Povo de Deus. Obrigado, Senhor, pelos novos sacerdotes! Minha bênção aos nossos leitores e a toda Diocese de Paracatu. Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós! Neste Ano Santo da paz, revelemos o vulto da misericórdia de Deus para os nossos irmãos. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Dom Jorge Alves Bezerra, SSS
Bispo Diocesano de Paracatu - MG

© 2011 - Mitra Diocesana de Paracatu. Todos Direitos Reservados.

Desenvolvido por MNDTI


Acessos: 1.462.500